top of page
Ativo 8_edited.png
Ativo 8_edited_edited.png
  • Foto do escritorComunicação Fundiágua



Riscos de Extinção da Fundiágua


Informamos que, em 10/10/2019, ocorreu reunião na presidência da CAESB com a presença da Diretoria Executiva e do presidente do Conselho Deliberativo da FUNDIÁGUA, dentre outros assuntos tratados, o presidente da CAESB colocou os seguintes tópicos:

  • possibilidade de transferência da gestão previdenciária de todos os planos da FUNDIÁGUA para outra fundação de empresas do GDF.

  • necessidade de uma solução definitiva para o Plano II Benefício Saldado, de forma que a patrocinadora não arcasse com gastos de novos planos de equacionamento do déficit.

  • interesse na retirada da administração da FUNDIÁGUA do Plano de Saúde dos empregados e aposentados, com devolução à CAESB.

Os diretores da FUNDIÁGUA prestaram esclarecimentos sobre as questões colocadas na referida reunião e também registraram firmeza em suas posições referentes à continuidade dos trabalhos da Fundação, ressaltando as mudanças e melhorias ocorridas na gestão e o fortalecimento de toda a estrutura de governança da entidade, o que a coloca em situação bastante favorável em relação às demais fundações ligadas ao Governo do Distrito Federal.


Destacaram os excelentes resultados do Plano III – CD, que apenas neste ano já alcançou rentabilidade de 12,52% até o mês de agosto/2019, resultado bem acima da mediana das demais entidades do segmento de previdência complementar. Para efeito de ilustração, a FUNDIÁGUA destaca que nos últimos 12 meses este Plano rentabilizou aproximadamente 20%.


É importante destacar que a FUNDIÁGUA é uma instituição sólida com 25 anos de criação, paga benefícios previdenciários no valor de R$ 4,4 milhões mensais a 1.807 assistidos (aposentados/pensionistas) e possui 2.334 participantes ativos, perfazendo um patrimônio de R$ 1,1 bilhão em seus 3 planos de benefícios. Também é importante lembrar que a Fundiágua administra um Plano de Saúde que atende mais de 9.000 vidas e fornece mais de 5.800 medicamentos a quase 1.200 participantes.


Diante da gravidade do cenário apresentado, o Diretor de Seguridade encaminhou carta ao SINDÁGUA, em 15/10/2019, informando o teor da reunião na CAESB, não tendo recebido nenhum retorno até o momento.


A FUNDIÁGUA destaca o papel do Sindicato neste contexto, principalmente considerando a sua participação na criação da Entidade e nas suas relevantes conquistas, e que, por obrigação e princípio, deve estar ao lado da Fundação e de seus participantes. Tal deferência também se estende à Associação dos Aposentados e Pensionistas da CAESB – ASAP.


É de suma importância alertar que no caso da transferência dos planos de benefícios da Fundiágua para outra Entidade, os participantes deixariam de atuar na gestão dos respectivos planos, uma vez que a representação nos órgãos estatutários ficaria a cargo da entidade de destino.


A FUNDIÁGUA ao longo de seus 25 anos de existência já superou inúmeros desafios e tem demonstrado zelo e compromisso para com os participantes e assistidos, sendo seu dever permanecer lutando pela sua continuidade e cumprimento dos objetivos para os quais foi criada. Por fim, entende que não pode abrir mão desse legado após todo o esforço, profissionalismo e seriedade demonstrados na condução de seus trabalhos.


Atenciosamente,

Fundiágua





5 visualizações

Posts Relacionados

Commenti


Ativo 8_edited.png
Ativo 8_edited_edited.png
bottom of page